Ligue ou Whatsapp (11) 98132-0523
Home | Legislação | Norma de iodação do sal para consumo humano

Norma de iodação do sal para consumo humano

A adição do iodo no sal foi adotada como estratégia de redução do Bócio, doença provocada pela deficiência do iodo no organismo. Porém, devido ao alto consumo de sal, entrou em vigor uma nova norma de iodação do sal, a RDC 23/2013, reduzindo a quantidade de iodo por mg/ml de produto.

A principal alteração é em relação a faixa de iodação do sal para consumo humano no Brasil, aprovando novos valores como padrão. A faixa anterior de iodação do sal estabelecida era de 20 a 60 ml/Kg e a nova norma de iodação definiu ser 15 a 45 mg/kg, conforme publicado no Diário Oficial da União de 25/04.

Norma de iodação

Nova norma de iodação do sal: resolução RDC 23/2013

A quantidade de adição do nutriente tem sido revista ao longo dos anos em virtude das mudanças no padrão de alimentação dos brasileiros. A nova faixa estabelecida foi baseada em resultados de avaliações como a de ingestão de sal apontada pela Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) e a recomendação da  Organização Mundial da Saúde (OMS).

Agora, que tal se eles preocuparem em revisar a quantidade de sódio presente nos alimentos ao invés de reduzirem a iodação. Políticas públicas seriam bem vindas! Será que é por que a briga com as indústrias seria grande? Alimentos industrializados são ricos em sal pois esse ingrediente auxilia na conservação do alimento e ao realçar seu sabor.

As empresas terão 90 dias para se adequar, a partir da publicação da norma no Diário Oficial. Se quiser ver a resolução na íntegra, clique aqui.

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>