Ligue ou Whatsapp (11) 98132-0523
Home | Nutrição Infantil | Neo Spoon: mistura não alergênica para preparo de mingau

Neo Spoon: mistura não alergênica para preparo de mingau

Com o slogan “a mesma confiança e eficácia que você já conhece, para comer de colher”, a Danone lançou o Neo Spoon, uma mistura para o preparo de mingau, para crianças com dietas com restrição.

Feito a base de aminoácidos livres, o Neo Spoon é indicado para uso a partir do 6º (sexto) mês de vida, sob orientação de médico ou Nutricionista, na introdução alimentar nas alergias e/ou para o espessamento de fórmulas hipoalergênicas, para crianças com dietas com restrição de proteínas íntegras e hidrolisadas.

Neo Spoon

Mistura não alergência para preparo de mingau

Se a introdução alimentar para a criança saudável já não é fácil, sabemos que a introdução alimentar para a criança alérgica é um desafio! Por isso, a Danone lançou o Neo Spoon, uma opção nutritiva e não alergência para complementar e enriquecer a alimentação das crianças com alergias alimentares.

Podendo ser usado como mingau (basta adicionar água ao produto), misturado com frutas ou com legumes, o produto auxilia e assegura a introdução alimentar nas alergias alimentares, já que há outros “espessantes” no mercado porém, muitos deles com ingredientes alérgicos, como o leite de vaca, por exemplo.

A sugestão de uso é de 1 a 2 porções por dia ou conforme necessidade nturicional, orientada pelo médico e/ou nutricionista. Disponível em casas do ramo, drogarias e na Sabor de Viver (loja virtual da Danone), o produto custa cerca de R$ 150,00 e faz parte da linha EXPERT, da Danone, junto com o Neocate LCP (fórmula infantil) e o Neo Advance (alimento para crianças alérgicas).

Este não é um post patrocinado e sim apenas informativo.

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE: ESTE PRODUTO NÃO DEVE SER USADO PARA CRIANÇAS MENORES QUE 6 MESES DE IDADE, A NÃO SER POR INDICAÇÃO EXPRESSA DE MÉDICO OU NUTRICIONISTA.

O ALEITAMENTO MATERNO EVITA INFECÇÕES E ALERGIAS E É RECOMENDADO ATÉ OS 2 ANOS DE IDADE OU MAIS.

Comentários

comentários