Ligue ou Whatsapp (11) 98132-0523
Home | Acontece | #EuComoCultura: Gastronomia como patrimônio cultural

#EuComoCultura: Gastronomia como patrimônio cultural

A alimentação é historicamente associada à cultura de povos. Varia na composição, preparação e sabores, de acordo com costumes, rituais e especiarias utilizadas por diferentes grupos populacionais. Invariavelmente, a comida é um ponto das relações sociais e, sobretudo, da cultura. Mas será que reconhecemos a nossa comida e sua forma de preparo como patrimônios de nossa cultura? Será que concordamos com a hashtag #eucomocultura e achamos que #gastronomia é cultura?

É isso que Alex Atala, reconhecido chefe de gastronomia, resolveu questionar. Nesse mês ele e referências na área da cultura, como Gilberto Gil, lançaram o manifesto #eucomocultura, que é um movimento pela aprovação de um Projeto de Lei (PL) para que a gastronomia brasileira (receitas e ingredientes brasileiros) seja reconhecida oficialmente como patrimônio cultural.

#eucomocultura

Manifesto para aprovação do Projeto de Lei 6562/13

A ideia do Projeto de Lei  6562/13 é que comunidades possam ter acesso a leis de incentivos ou obras sociais relacionadas com a oferta de preparações alimentares tradicionais e, dessa forma, fortalecer a alimentação típica dos brasileiros.

Esse PL, se aprovado no legislativo e sancionado pela presidenta, poderá ser um fator a mais para a valorização da soberania alimentar nacional, fato que pode dificultar monopólio de empresas produtoras de alimentos trangênicos sob alimentos e comidas tradicionais, já que essas se tornam patrimônios culturais nacionais.

Para que o projeto de lei entre em votação, é preciso mais de 1 milhão de assinaturas. Se você é a favor da campanha, entre no site, assine a petição e divulgue nas suas redes sociais as hashtags #EuComoCultura e #GastronomiaEhCultura.

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>